terça-feira, 22 de agosto de 2006

Casa, Rio de Janeiro
Instituto oferece milhão para quem achar Perelman



Brincadeira...

Para quem não sabe quem é Grigory Perelman, veja o meu post anterior

Como muitos esperavam, ele ganhou a medalha Fields, o mais alto prêmio da matemática mundial, por sua brilhante demonstração da conjectura de Poincaré. Como muitos temiam, ele não só não apareceu na cerimonia, como recusou a medalha, e o prêmio concomitante de U$ 1.000.000. Ele também deve ter direito a um outro prêmio, também de 10^6, oferecido pelo Clay Institute.

No fim, o jornal britânico Daily Telegraph finalmente achou o dr. Perelman. Não, como havia sido especulado, na Sibéria em combate mortal com ursos polares ou na Academia de Ciências de Vulcano, mas na casa da mãe*. Eles entrevistaram o cara, que parece ser efetivamente gente boa, mas com problemas sérios de auto-estima. Ele ainda não se decidiu sobre aceitar ou não o premio do Clay, apesar de viver desempregado com a mãe em São Petersburgo após se desentender com o seu antigo instituto de pesquisa. Grigory aind precisa aceitar a ideia de que o que ele fez É importante e que ele MERECE o prêmio...


______________________
* Manchete: World's top maths genius jobless and living with mother

2 comentários:

Aristides disse...

Cara! Eu vi isso!!! Fiquei absolutamente de cara com essa história.

Minha conjectura é a de que ele agora é integrante da banda Los Hermanos. Vai me dizer que não?!?!?


Obs.: Aristides = Thiaguim (Física, ex-UFMG), lembrou? Tô morando em Niterói, estudando na UFF!

Paula disse...

Só agora entendi. Você dividiu em tópicos.
As conjecturas de Poincaré... Hummm... bom título para um livro.